Servidora do Senado embriagada atinge muro de delegacia em Valparaíso-GO


A moradora de Águas Claras atingiu um veículo que trafegava na direção contrária e em seguida acertou em cheio o muro da delegacia.

Por Tereza Neuberger
[email protected]

Com sinais de embriaguez, uma servidora do Senado de 48 anos, bateu em outro veículo, perdeu o controle e acabou acertando em cheio o muro da delegacia de Valparaíso-GO, no entorno do Distrito Federal. Com a chegada dos policiais militares a servidora se recusou a fazer o teste do bafômetro e ainda os desacatou.

O acidente ocorreu por volta da 00h de segunda-feira (22), na avenida principal B de Valparaíso 1. A suspeita é de que a servidora, que é moradora de Águas Claras, estaria em alta velocidade em seu veículo, um Citroen C4, quando passou por um quebra-molas e acabou atingindo um Ford Ká, que trafegava na via contrária. Em seguida, a condutora destruiu parcialmente o muro da delegacia ao acertá-lo. Os servidores que estavam no local, levaram um susto.

Muro da delegacia de Valparaíso foi parcialmente destruído com a pancada.

Com o impacto, os airbags do veículo foram acionados e a frente do carro da mulher ficou destruída. A frente do Ford Ká também ficou totalmente danificada com a pancada. O condutor do veículo, de 28 anos, ficou ferido e foi removido pelo Corpo de Bombeiros ao cais de Valparaíso, ele não aparentava nenhum sinal de embriaguez.

Ao perceber a presença dos policiais, a servidora do Senado proferiu aos militares palavras de baixo calão. A mulher enfatizou ainda seu cargo em meio aos xingamentos: ”seus filhos da puta, eu sou servidora Federal, vai se fuder caralho, vai tomar no cú”. Observando que ela estaria agressiva e claramente sob efeito de álcool tiveram que contê-la e algemá-la.

A condutora foi colocada no cubículo da viatura, e não parou com os xingamentos. Questionada sobre fazer o teste de bafômetro, ela se recusou e foi encaminhada para a Central de Flagrantes e em seguida, levada ao Instituto Médico Legal (IML) para os procedimentos de corpo de delito. A servidora Federal foi autuada em flagrante e levada ao presídio feminino em Luziânia sendo colocada à disposição do Judiciário e passará por audiência de custódia.

De acordo com a Polícia Civil uma perícia será realizada no veículo para saber a velocidade que a servidora trafegava pela via que é de 40km. Além dos reparos do veículo atingido na via contrária, a servidora terá que refazer parte do muro da delegacia destruído no acidente. Seu carro foi apreendido e levado para o depósito.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published.