Lula comenta racismo sofrido por Vinicius Jr e diz que é uma ‘coisa nojenta’


A fala do ex-presidente e atual candidato ao mais alto cargo do Executivo federal se soma ao apoio prestado por nomes de atletas

O ex-presidente Lula manifestou apoio a Vinicius Junior, do Real Madrid, após o atacante ser alvo de uma frase racista durante o programa ‘El Chiringuito’, na Espanha, em que o empresário Pedro Bravo afirmou que o brasileiro “deveria parar de fazer macaquice” e ir ao “sambódromo do Brasil” se quisesse dançar.

“Vocês devem ter visto o que fizeram com o Vinicius Jr., o menino que saiu do Flamengo pra jogar no Real Madrid. O preconceito é uma coisa nojenta. Cada um de nós dança como quiser. Nós queremos liberdade”, escreveu Lula em publicação feita neste sábado (17), em sua conta no Twitter.

A fala do ex-presidente e atual candidato ao mais alto cargo do Executivo federal se soma ao apoio prestado por nomes de atletas e ex-jogadores como Pelé, Neymar e Neto, que também defenderam o craque do Real.

O clube também se mostrou solidário a Vinicius, autor do gol do título da última Champions League vencida pelos merengues, e afirmou que tomará medidas legais contra qualquer pessoa que use expressões racistas contra jogadores da equipe.

“O Real Madrid repudia todo o tipo de expressões e comportamentos racistas e xenófobos no âmbito do futebol, do esporte e da vida em geral, como os lamentáveis e infelizes comentários feitos nas últimas horas contra o nosso jogador Vinicius Junior”, escreveu o Real no comunicado.



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published.