Giro na B3 aumenta e BTG prepara revisão de estimativas



O giro da B3 em agosto veio melhor que o esperado, levando o BTG a dizer que suas estimativas para a Bolsa estão se tornando conservadoras.

O volume diário médio (ADTV) da Bolsa em agosto bateu R$ 29,6 bilhões, uma queda de 13% ano contra ano mas uma alta de 32% em relação ao mês anterior.  Foi a primeira alta depois de dois meses consecutivos de quedas sequenciais, e setembro até agora indica um ADTV de R$ 26 bilhões.

O analista Eduardo Rosman disse que os números do tri já estão acima de suas estimativas e mais alinhados com o consenso.

Apesar da alta de 15% desde janeiro, Rosman vê o papel negociando a 16x o lucro do ano que vem, um “múltiplo atrativo.”

“A B3 é uma forma fácil de capturar uma melhora no sentimento a respeito do Brasil, já que tem um peso relevante no índice mas sem os riscos de balanço, ou seja, é uma boa forma de diversificar em relação aos grandes bancos.” 

Além disso, se os juros começarem a cair mais rápido que o esperado, o potencial de alta aumenta, com revisões de estimativas e múltiplos potencialmente maiores.


Pedro Arbex



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published.