Fleury: BofA dá duplo upgrade por valuation descontado e sinergias com Pardini



O Bank of America elevou a recomendação para o Fleury de ‘underperform’ para ‘compra’, citando o valuation descontado, perspectivas positivas para os resultados no curto prazo e as sinergias que serão capturadas com a fusão com o Hermes Pardini.

O BofA disse que o M&A com o Pardini foi “assertivo” e vai reduzir o múltiplo do Fleury de 14x o lucro estimado para o ano que vem para 11x.

Esse múltiplo é um desconto de 40% em relação à média histórica do Fleury e de 10% em comparação a outros players do setor.

Os analistas também disseram que o possível aumento de capital anunciado em junho deve melhorar a liquidez do papel, reduzir a alavancagem e fortalecer o pipeline de M&As da companhia.

O BofA elevou o preço-alvo para o Fleury de R$ 18 para R$ 23, um upside potencial de 31%.

O banco disse que desde seu downgrade em Fleury em julho do ano passado, a companhia “fez diversos movimentos para garantir sua dominância nas principais capitais do Brasil.”

Entre elas, o BofA cita os diversos M&As em segmentos complementares e as parcerias de longo prazo com hospitais e operadoras de saúde — por exemplo, o BP e o Bradesco Saúde.

Desde o downgrade, a ação também acumula uma queda de mais 26%, abrindo uma “janela de oportunidade.”

“Vemos perspectivas positivas de crescimento para o Fleury. Estimamos um CAGR de receita de 11% de 2021 até 2024 e uma margem EBITDA sustentável de 27%,” disse o banco.


Geraldo Samor



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published.