A nova aposta da Embraer: os drones da XMobots



A Embraer acaba de anunciar que está investindo na maior companhia de drones da América Latina — um movimento que faz parte da estratégia da fabricante de aeronaves brasileira de ampliar seu portfólio de produtos para além da aviação tradicional. 

O investimento na XMobots foi feito pela Embraer-X, o braço de inovação da companhia. O valor do aporte não foi revelado, mas a Embraer disse que terá uma participação minoritária no negócio. 

A investida da Embraer é mais uma iniciativa da companhia para ampliar o seu portfólio de produtos, em linha com a criação da Eve, a empresa de ‘carros voadores’ fundada em 2020 e listada nos Estados Unidos por meio da fusão com um SPAC.

As conversas da Embraer com a XMobots foram iniciadas em janeiro, segundo fontes ouvidas pelo Brazil Journal

Na época, a XMobots procurava mais capital para acelerar o seu crescimento, já que sua última rodada havia sido feita em 2019: um Series A de R$ 30 milhões liderado pelo fundo Aerotec e que teve a participação da Confrapar.

Apesar da startup ter se reunido com diversos fundos de venture capital, o cenário mudou com a chegada da Embraer-X. A ideia que seduziu os controladores, entre eles o CEO Giovani Amianti, foi a presença internacional da Embraer e a credibilidade que a companhia tem no mercado.

Fundada em 2007, a XMobots tem 200 funcionários, dos quais 60 são engenheiros focados em pesquisa e desenvolvimento.

Além dos drones, que tem como foco o agronegócio e as áreas de segurança (para o mapeamento de fronteiras, por exemplo), a startup também fabrica tecnologias correlatas, como sensores e softwares de análise de dados baseados em inteligência artificial.

Nas conversas com a Embraer, a XMobots disse que planeja dobrar de tamanho ainda em 2022 e repetir a dose no ano que vem.

“Como essas empresas de alto crescimento demandam muito capital ao longo da vida, ela logo precisará de novos aportes e a Embraer pode acompanhar essas novas rodadas,” diz uma fonte.

O anúncio fez as ações da Embraer abrirem em alta. No início da tarde, os papéis subiam 2% num dia em que o Ibovespa está praticamente de lado.

O Bradesco BBI assessorou a XMobot.

A Embraer não teve assessor financeiro.


André Jankavski





Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published.